DIORMAG

26 Agosto
novidades

Os anéis Lucky Dior

A abelha, o lírio-do-vale, o trevo, a rosa, a estrela, a oval... Em homenagem à superstição de Christian Dior, os anéis de sinete Lucky Dior são decorados com emblemas da Maison e podem ser usados sozinhos ou em combinação, como verdadeiros amuletos da sorte. Decifração.

A abelha. “Uma pequena colmeia lotada, eis a minha casa durante a apresentação de minha primeira coleção”, escreveu Christian Dior em suas memórias. Essa metáfora dos ateliês da Avenue Montaigne, no 30, evoca também os gestos das costureiras, apelidadas de abelhas. Concentradas e atarefadas, elas trabalham para o estilista como um enxame. O pequeno inseto preto e amarelo marca, com um bordado moderno e despojado, as coleções Dior Homme. Hoje, a abelha pousa sobre o anel de sinete e contrasta com um ônix preto profundo, proporcionando força e vitalidade.

O lírio-do-vale. Supersticioso, Christian Dior apreciava o lírio-do-vale, símbolo da felicidade, que anunciava a chegada da primavera e da Alta Costura. Ligado a seu perfume e suas corolas femininas, ele costurava um broto seco na bainha de todos os seus vestidos. Esta flor, que encontramos bordada nas criações da Maison, decora com delicadeza o quartzo rosa claro do anel de sinete representando o amor.

O trevo. O trevo de quatro folhas acompanhava Monsieur Dior diariamente em um chaveiro de berloques que ele guardava no bolso do terno. Inseparável deste amuleto da sorte, o estilista dava uma importância significativa aos talismãs que guiavam seu destino. Como um amuleto, o trevo é adornado por uma pedra verde, a amazonita, inspirando confiança.

A rosa. Lembrança afetiva de seu jardim da infância em Granville, a rosa evoca o amor de Christian Dior por sua mãe, de quem herdou o gosto pelas flores e pela elegância feminina. No anel de sinete, a rosa é delicadamente desenhada sobre um lápis azul marinho representando a sabedoria.

A estrela. Como um sinal do destino, uma estrela cruzou o caminho do estilista no momento de tomar uma decisão que mudaria sua vida. Christian Dior interpretou esse achado como uma ajuda espiritual, incitando-o a seguir seu caminho e abrir sua própria Maison de couture. Conservada como um amuleto da sorte em seu ateliê, ela é associada aqui ao olho de tigre, uma pedra castanha, protetora e solar.

A oval. Fascinado pela elegância do século XVIII, Monsieur Dior comprou poltronas medalhão para acomodar seus convidados nos desfiles. Emblemática, a oval coberta por um laço Fontanges é hoje um código da Maison. Feminina e sensual, ela decora as boutiques ou os frascos de perfume. Nesta joia, ela é combinada à elegância ameixa da fluorita, trazendo proteção e harmonia.

As iniciais. Assinatura de Dior, as iniciais “CD” perfuram o marcante coral vermelho vivo. O anel é usado, assim, como um emblema da Maison.

24 Agosto
novidades

From Grasse with love

Acompanhe a musa Natalie Portman na propriedade de Manon, em descoberta dos campos de rosa de Grasse, desde a colheita até as confidências de François Demachy.

A rosa de Grasse, selecionada por François Demachy por suas facetas de mel e pimenta, é uma referência à gênese de Miss Dior: foi uma paisagem da Provence que inspirou Christian Dior na criação de seu primeiro perfume. Apaixonado pela Côte d’Azur bem antes de fundar sua Maison, Christian Dior visitava com frequência sua irmã Catherine, que cultivava flores para perfumes, em Callian. Mais tarde, ao adquirir o Château de la Colle Noire, em 1951, Christian Dior criou um jardim com mil aromas, povoado de amendoeiras, rosas de maio, oliveiras e jasmim. Hoje, as rosas de Grasse foram replantadas na propriedade de La Colle Noire, em homenagem ao estilista-perfumista. François Demachy também preserva a essência desta nobre flor, ao escolher cuidadosamente os mais belos terrenos da região, onde a colheita é exclusivamente dedicada aos perfumes Dior. Ele perpetua assim a tradição de Monsieur Dior e sela a eterna relação entre a Maison e Grasse.

23 Agosto

Miss Dior Absolutely Blooming por François Demachy

François Demachy, perfumista-criador exclusivo da Dior, revela-nos os segredos que fazem de Miss Dior Absolutely Blooming uma fragrância deliciosa e gourmande.

22 Agosto
novidades

Miss Dior Absolutely Blooming: a fragrância

la fragrance

Com Miss Dior Absolutely Blooming, François Demachy, perfumista-criador exclusivo da Dior, assina uma fragrância com composição floral e gourmande.

Um pouco, totalmente… Absolutely! ressoa como uma exclamação apaixonada. Este é o mantra de uma personalidade alegre e irresistível que o perfumista-criador da Maison buscou transmitir. “Miss Dior Absolutely Blooming é uma composição para uma mulher alegre, que ama a vida”, afirma.

Nele encontramos a sedução imediata e o buquê floral cheio de frescor que são a assinatura de Blooming Bouquet. Mas Miss Dior Absolutely Blooming se diferencia de sua irmã em perfumaria por sua maneira singular de seduzir com gourmandise. Suas notas de cabeça de frutas vermelhas, framboesa, romã e cassis, realçadas por pimenta rosa, despertam os sentidos e encantam imediatamente, como um sorriso fulminante. No coração, as flores revelam suas notas sensuais: um acorde de peônia enlaçado por rosa-damascena e rosa de Grasse, sustentadas, no fundo, por almíscares brancos que envolvem toda a composição. “O Miss Dior Absolutely Blooming revela-se a você imediatamente, explica François Demachy. É um presente que proporciona prazer e do qual se desfruta sem demora”.

21 Agosto
novidades

Natalie nos bastidores

Descubra os bastidores da campanha Miss Dior Absolutely Blooming, na qual Natalie Portman encarna uma Miss Dior divertida e sexy, em um apartamento parisiense.

Mais artigos