Desfile de Alta Costura
Outono-Inverno 2017-18

3 de julho de 2017 - Paris - 14h30 (GMT+02)

"Comprei o mapa de Paris estampado em um lenço." Karl Gutzkow

De um lado, uma gravura de Albert Decaris, de 1953, encontrada nos arquivos Dior: um mapa com os cinco continentes, que fala sobre a Maison e sua expansão pelo mundo. Do outro, esta frase presente na obra Christian Dior et moi, a autobiografia do estilista: "Uma coleção completa deve servir a todos os tipos de mulheres de todos os países." Estas são as duas inspirações que guiaram Maria Grazia Chiuri, Diretora Artística das coleções femininas, neste desfile de Alta Costura Outono-Inverno 2017-2018, que celebra os setenta anos da Maison.

Para Maria Grazia Chiuri, o mapa simboliza o desejo pelo estrangeiro, a necessidade de viajar descobrindo o mundo e a si mesma, buscando emoções, crescimento e evolução. Ele remete à sua viagem de Roma à Paris, ou a suas horas pesquisando o patrimônio da Dior. Inquieta como as primeiras exploradoras, que foram capazes de ultrapassar as fronteiras geográficas e mentais, ela se inspira nessas heroínas, e na forma como utilizavam os elementos do guarda-roupa masculino, misturando-os com peças étnicas. Esses tecidos masculinos são transformados e ganham superfícies reluzentes e efeitos de sombra e luz, graças à sensibilidade da criadora e às novas tecnologias; eles são usados em casacos, sobretudos, blusas e conjuntos que combinam com pequenas jaquetas de aviador e que se abrem em saias plissadas estilo calça. O uso do feltro masculino de Stephen Jones, criador dos chapéus Dior há vinte anos, foi inspirado em aventureiras como Freya Stark.

O percurso deste retorno às origens significa, para Maria Grazia Chiuri, uma topografia das emoções: as cores, as flores ou os jogos de tarô bordados são como mapas sobre as capas e vestidos de festa em tule ou em seda em tons de cinza empoado de rosa, ou sobre as cores noturnas do veludo. Este espetáculo esplêndido, que nos transporta a uma cartografia imaginária que inventa e inverte o nosso ponto de vista, remete aos ambientes decorados com mapas murais ou globos terrestres: objetos que nos falam da potência da errância literária feminina, movida por explorações culturais e estilísticas.

Pietro Ruffo, artista com o qual Maria Grazia Chiuri compartilha um laço criativo, elaborou, para o cenário, uma abóbada celeste e a Terra, ambas traçadas com um gesto poético.

Saiba mais
Fechar

Entrevista com Maria Grazia Chiuri

Entrevista com Peter Philips

Vídeo 360°

ADICIONAR AO CALENDÁRIO
SELECIONAR O SEU CELENDÁRIO
RECEBER TUDO SOBRE O DESFILE
Vídeo do Desfile, os Looks, o Backstage e vários outros conteúdos sobre o Desfile... sejam os primeiros a serem informados sobre o lançamento ao vivo em Dior.com.
ESCOLHA A OU AS NEWSLETTERS QUE DESEJA RECEBER:
Todos os campos são obrigatórios. Ao clicar em Validar, você aceita receber as últimas novidades e exclusividades da Dior.
Todos os campos são obrigatórios. Ao clicar em Validar, você aceita receber as últimas novidades e exclusividades da Dior.
Sua inscrição na newsletter Dior foi realizada
BAIXAR O APLICATIVO DIORMAG
O aplicativo está disponível em diferentes plataformas para download.
SELECIONE SEU OS

Desfile de Alta Costura
Outono-Inverno 2017-18

03 Julho 2017 - Paris - 14H30 (GMT+02)

Topo da página