Dior Grand Bal e Dior Grand Soir | DIORMAG

22 Março
Savoir-Faire

O savoir-faire de Dior Grand Bal Plume Or

22 Março
Savoir-Faire

O savoir-faire de Dior Grand Bal Pièce Unique Jardins Imaginaires

22 Março
novidades

Dior Grand Bal e Dior Grand Soir

As coleções Dior Grand Bal e Dior Grand Soir revelam novos modelos nesta primavera, evocando o savoir-faire joalheiro e as técnicas relojoeiras dos ateliês da Maison.

Homenagem à paixão de Christian Dior pelos bailes, os relógios Dior Grand Bal possuem um movimento automático exclusivo da Maison, com uma massa oscilante que parece rodopiar como um vestido. Nesta temporada, eles ganham uma nova criação, o Dior Grand Bal Plume Or, com formato inédito de trinta e seis milímetros. Associando a leveza da pluma ao caráter precioso do ouro, esse modelo com mostrador escovado solar em ouro é trabalhado com extrema delicadeza, como uma saia bordada, exigindo o mesmo savoir-faire que uma peça de Alta Costura.

 

Para as novas peças únicas batizadas Dior Grand Bal Jardins Imaginaires, os artesãos da Maison também tiveram que fazer prova de engenhosidade. Inspirados pela magia e pelo caráter misterioso da natureza, sua massa oscilante e seu mostrador evocam uma fauna e uma flora exuberantes, referência ao amor do estilista-fundador pelos jardins. Associando ouro rosa, branco e amarelo, diamantes, rubis e sugilita, o Dior Grand Bal Pièce Unique Jardins Imaginaires N°6 de trinta e seis milímetros é decorado com asas de borboleta e plumas, além de exibir uma pulseira em cetim preto forrado com couro de crocodilo.

 

Nove novos relógios, criados em referência à suntuosidade dos fogos de artifício, completam a coleção Dior Grand Soir. Em seus mostradores resplandecem verdadeiros buquês luminosos. O modelo Dior Grand Soir Feux dArtifice N°5, apresentado em laca preta brilhante e ornamentado com um coração azul cravejado de diamantes e de safiras, além de elementos em ouro rosa e branco e de plumas, convida à magia das grandes festas. Excepcional até em seu mecanismo, este relógio possui um movimento a quartzo com corretor de ajuste descentralizado às dez horas.

21 Março
novidades

Dior VIII Montaigne Clair de Lune

Nova criação relojoeira, o Dior VIII Montaigne apresenta três modelos em edição limitada a oitenta e oito exemplares, que estarão disponíveis a partir do próximo mês de setembro.

Seu nome faz referência à linha do primeiro desfile de Christian Dior, batizada En huit, assim como ao número da sorte do estilista. Criação relojoeira que celebra o patrimônio da Maison, o Dior VIII Montaigne ganha novas peças nesta temporada, batizadas de Clair de Lune.

 

Variando em três modelos, cada um deles com edição limitada a oitenta e oito exemplares, eles foram criados para homenagear a paixão do estilista-fundador pelos astros. De sua juventude em Granville aos seus ateliês em Paris, ele nunca deixou de acreditar na sua estrela da sorte e de consultar os signos e os conselhos de sua vidente, madame Delahaye. Assim, sobre o mostrador, um céu feito com fios de ouro e diamantes é revelado, trazendo as três fases da lua: crescente, cheia e minguante. Bordados manualmente, esses elementos preciosos demonstram o savoir-faire dos ateliês de Alta Costura da Maison. Sua caixa de 36 milímetros de diâmetro em ouro amarelo possui uma lua gravada no verso, assim como o seu número exclusivo. O bisel é inteiramente cravejado com setenta e dois diamantes redondos e a fivela da pulseira em couro de crocodilo preto é cravejada com dezoito diamantes redondos.

 

21 Março
Savoir-Faire

O savoir-faire de La D de Dior Rose des vents

Dos primeiros esboços à montagem final, descubra os segredos de fabricação de La D de Dior Rose des vents. Uma criação relojoeira excepcional elaborada por Victoire de Castellane, Diretora Artística da Dior Joalheria.

21 Março
novidades

Novas criações relojoeiras

Nesta primavera, as coleções relojoeiras da Maison ganham novos modelos elaborados por Victoire de Castellane, Diretora Artística da Dior Joalheria.

Brincando com os códigos masculinos e femininos, La D de Dior Satine é apresentado em duas novas versões, criadas por Victoire de Castellane. Um relógio de trinta e seis milímetros exibe um grande mostrador de malaquita verde e um bisel em ouro amarelo inteiramente cravejado de diamantes. Outro, com caixa de vinte e cinco milímetros, revela um mostrador em madrepérola branca e um bisel sutilmente trabalhado como uma trama de tecido. O Mini D de Dior Satine de dezenove milímetros de diâmetro foi imaginado em lápis-lazúli. Transformada em assinatura, essas três criações relojoeiras são acompanhadas de uma pulseira de aço em malha milanesa, concebida como uma fita de cetim nos ateliês da Maison.

 

O La Mini D de Dior Rose des vents, reinterpretação da estrela, amuleto da sorte de Christian Dior, e de sua flor preferida, a rosa, exibe uma espécie de rosa dos ventos, como uma bússola pronta para nos guiar. Nesta primavera, ele comemora o ano novo chinês com um mostrador em laca vermelha. Seu bisel e sua fivela com formas de grão de arroz e sua coroa cravejada de diamantes nos fazem mergulhar no universo poético da Dior Joalheria.

 

Um modelo inédito vem completar as coleções relojoeiras desta temporada: o Gem Dior. Concebido como uma referência à paixão de Victoire de Castellane pela natureza, ele revela um mostrador evocando a forma assimétrica de uma pedra preciosa, mais precisamente da malaquita ou da calcedônia. Assim, os ponteiros, mais discretos, foram projetados de forma diferente. Um último detalhe que assina esse relógio-joia exclusivo.

20 Março
eventos

Nomeação

A Maison anuncia a nomeação de Kim Jones como Diretor Artístico da Dior Homme para as coleções de Prêt-à-Porter e de Acessórios.

 

" Fico muito feliz com a chegada de Kim Jones para dirigir a criação da Dior Homme, declarou Pietro Beccari, Presidente-Diretor Geral da Christian Dior Couture. Seu talento e sua força criativa são reconhecidos internacionalmente. Ele contará com o apoio das equipes e do savoir-faire dos ateliês para criar um vestuário masculino com uma elegância clássica, mas ao mesmo tempo influenciada pela cultura contemporânea."

Formado pela Central Saint Martins de Londres, Kim Jones já chamou a atenção pela capacidade de aliar sua reinterpretação do patrimônio de uma Maison a suas inspirações visionárias.

"É uma grande honra integrar a Maison Dior, símbolo absoluto de elegância, declarou o criador após o anúncio de sua chegada. Agradeço calorosamente a Bernard Arnault e Pietro Beccari pela confiança que depositaram em mim ao me dar a responsabilidade de criar para a Dior Homme. Quero que minhas coleções respeitem o patrimônio da Maison Dior, criando um vestuário masculino moderno e inovador."

A primeira coleção Dior Homme de Kim Jones será apresentada em Paris no próximo mês de junho, durante a semana das coleções masculinas.

Mais artigos