Dior Grand Bal Plume: versão malaquita | DIORMAG

18 July
VIP

VIP na festa Miss Dior em Xangai

A atriz e musa Natalie Portman, o perfumista-criador da Maison François Demachy, assim como Wang Luodan, Huo Siyan, Du Jiang, He Sui e muitas outras pessoas se encontraram ontem à noite, por ocasião da festa Miss Dior em Xangai.

  • Natalie Portman , François Demachy

  • Wang Luodan

  • Huo Siyan , Du Jiang

  • He SUi

  • Song Zuer

  • Li Danni

  • Li Xiaofeng

  • Natasha

  • Elle Lee

  • Long Zijia

  • Yu Yu

17 July
eventos

Rumo ao Oriente

Esta semana, acompanhe-nos pela Ásia seguindo os passos da atriz e musa Natalie Portman, do perfumista-criador François Demachy e de Peter Philips, Diretor de Criação e Imagem da linha de maquiagem Dior. Primeira escala, esta noite: Xangai, para um evento dedicado ao Miss Dior. Em seguida, em direção a Tóquio para um evento Miss Dior e Rouge Dior na quarta-feira à noite. Momento de descobrir uma prévia das novidades e das campanhas criadas em torno destes dois ícones da Maison, que serão reveladas no próximo mês de setembro.

16 July
novidades

Dior Grand Bal Plume: versão malaquita

A coleção Dior Grand Bal ganha um novo modelo que associa o savoir-faire do plumassier, característico da Alta Costura, à técnica relojoeira. Seu movimento automático exclusivo da Maison Dior reproduz o giro de um vestido de festa, e conta com duas versões. A primeira apresenta um mostrador em malaquita, realçado com ouro amarelo e granadas tsavoritas, e uma pulseira em couro de crocodilo na cor verde brilhante.

16 July
novidades

Dior Grand Bal Plume: versão aventurina

As plumas do novo modelo da coleção Dior Grand Bal parecem rodopiar em um céu estrelado na versão que traz um mostrador em aventurina, realçado com ouro e safiras rosa, e uma pulseira em couro de crocodilo azul brilhante.

14 July
eventos

O cor segundo Peter Philips 

Na sala "Colorama" da exposição Christian Dior, couturier du rêve, os tons dos vestidos e dos acessórios dialogam com a arte da nuance que marca a maquiagem da Maison. Foco em Peter Philips, Diretor de Criação e Imagem da linha de maquiagem Dior, que a reinventa a cada estação desde 2014.

©

Sophie Carre

"Conto histórias com minhas paletas e minha coleção. Desde a época em que comecei a maquiar até hoje, guardo todas as cores em pequenos recipientes plásticos. Coleciono também pedaços de tecido, objetos que tenham uma cor ou um brilho inspiradores para mim", explica Peter Philips. Ao ingressar no universo da maquiagem após seus estudos em grafismo e moda, o Diretor de Criação e Imagem da linha de maquiagem Dior passou a compartilhar com Christian Dior a paixão pela arte da nuance. Ele a celebra em suas criações, propondo às mulheres de hoje uma beleza com as cores da moda Dior. Em primeiro lugar vem o vermelho, esse tom tão emblemático da Maison. Peter Philips o aplica para realçar um sorriso ou circundar o olhar com audácia, como neste beauty look fotografado por Richard Burbridge em 2015 e apresentado na exposição. Lembramos também da audaciosa paleta de Rouge Dior, na qual as nuances de vermelho, rosa e Nude se misturam com um cinza, um azul noite, um amarelo luminoso ou ainda um verde elétrico – tom encontrado nos lábios da modelo Lindsey Wixson em uma fotografia gráfica de 2016. Com o preto, Peter Philips celebra o retorno do delineador e da mulher assumidamente moderna e sexy; uma mulher que se diverte com sua maquiagem, enfeitando seu olhar com uma fina estrela, como nesta fotografia de 2003. O amarelo traz um toque de modernidade, de solidez e de grafismo. Já o rosa pó é sempre bonito, e na Dior sempre haverá espaço para um rosa ousado. Finalmente, o cinza é contemporâneo e elegante, a nuance da nova geração. Peter Philips ama as cores e busca, com seu talento, algo cada vez melhor e diferente do que já existe, imaginando novos desafios para a Maison, sem deixar de lado a assinatura elegante e sofisticada da mulher Dior. Uma mulher Dior que ele reinventa estação após estação nos bastidores dos desfiles, em uma colaboração estreita com Maria Grazia Chiuri. Para o primeiro desfile de Alta Costura da Diretora Artística, foram as pequenas estrelas que iluminaram o olhar das modelos com vestido de festa. Já para as aventureiras insaciáveis do desfile do último 3 de julho, o Diretor de Criação e Imagem da linha de maquiagem Dior elaborou uma beleza Nude: "Talvez seja mais complicado realizar uma maquiagem de beleza natural do que uma vanguardista, explica. Passar a impressão de uma pele perfeita é de fato algo muito técnico".

10 July
Desfiles

Savoir-faire: Tarots de Visconti di Modrone

Foi o jogo de tarô pessoal de Maria Grazia Chiuri, cujas cartas trazem desenhos do século XV, que inspirou o casaco do look n.°51 do desfile de Alta Costura Outono-Inverno 2017-2018. Descubra os segredos de realização dos seus bordados em cetim, nos ateliês Vermont.

10 July
Desfiles

Savoir-faire: o casaco Royaume d’Amour

Acompanhe-nos em nossa visita pelos ateliês Vermont, onde foi realizado o bordado do casaco Royaume d’Amour. Esta criação exigiu todo o savoir-faire e paciência das habilidosas mãos, que retranscreveram em fio colorido o desenho fornecido pela Maison Dior. Um motivo poético, inspirado no "Mapa de Tendre" de Madeleine de Scudéry, representando as diferentes fases de uma relação amorosa.

Mais artigos