A Lady Dior na perspectiva de Liu Chih-Hung | DIORMAG

27 July
eventos

A Lady Dior na perspectiva de Liu Chih Hung: vídeo making of

27 July
eventos

A Lady Dior no olhar de Liu Chih-Hung: making of

Descubra os segredos da realização da escultura elaborada pelo artista de Taiwan Liu Chih-Hung, para a exposição Lady Dior As Seen By.

27 July
eventos

A Lady Dior na perspectiva de Liu Chih-Hung

Em sua escultura feita com objetos do cotidiano, Liu Chih-Hung propõe uma reinterpretação da bolsa icônica para a exposição Lady Dior As Seen By, atualmente em Taipé. 

©

Ernie Chang

Foi através da pintura que Liu Chih-Hung criou suas primeiras obras, interessando-se por acontecimentos e lembranças reinterpretados com cores do passado. Em seguida, seu trabalho ganhou uma dimensão multimídia ao integrar em suas obras imagens, tecidos estampados e objetos do cotidiano. O artista, que recebeu diversos prêmios de arte contemporânea, explora, assim, as problemáticas ligadas à utilização de materiais do cotidiano e à linguagem. Para a exposição Lady Dior As Seen By de Taipé, criou uma versão luminosa da bolsa icônica utilizando fio de estanho e lâmpadas de néon. Uma reflexão sobre o significado dos objetos que nos cercam. 

27 July
eventos

A Lady Dior na perspectiva de Shao Ting-Kuei

Para a exposição Lady Dior As Seen By de Taipé, o fotógrafo taiwanês Shao Ting-Kuei capturou a bolsa icônica da Maison em sua obra Forgotten.

©

Shao Ting-Kuei

Através de suas fotografias, Shao Ting-Kuei consegue expor emoções radicais e implícitas para passar mensagens fortes. A atriz Zhang Ziyi, o diretor Wong Kar-wai ou o cantor Jay Chou fazem parte das diversas celebridades que posaram para este pioneiro taiwanês da fotografia. Em Forgotten, ele imortaliza uma Lady Dior branca colocada sobre o chão, o único elemento decorativo visível, como um objeto imutável. Para o artista, esta contemplação é como uma pausa em um mundo que evolui rapidamente e no qual as coisas caem facilmente no esquecimento. Uma obra que nos incita à recordação.

27 July
eventos

Lady Dior As Seen By em Taipé

Até o dia 18 de agosto, a exposição itinerante que dá carta branca aos artistas para que reinterpretem a bolsa icônica da Maison faz escala no quarto andar do Taipei 101, em Taiwan. Para a ocasião, duas novas obras entram para a coleção de fotografias e de esculturas consagradas à bolsa Lady Dior.

  • ©

    Studio Millspace

  • ©

    Studio Millspace

  • ©

    Studio Millspace

  • ©

    Studio Millspace

  • ©

    Studio Millspace

  • ©

    Studio Millspace

  • ©

    Studio Millspace

Grande amante da arte, Christian Dior foi um galerista apaixonado que expôs artistas como Pablo Picasso, Salvador Dalí, Joan Miró e Alberto Giacometti. Anos mais tarde, com sua Maison de Alta Costura aberta, manteve viva sua ligação com o mundo da arte: em 1947, batizou de Matisse e de Braque dois dos vestidos de sua primeira coleção. Desde então, a Maison Dior segue perpetuando este forte laço com os artistas e suas criações. Em 2011, a primeira exposição Lady Dior As Seen By foi organizada em Xangai, e apresentou a perspectiva de fotógrafos e artistas plásticos internacionais, que tiveram carta branca para se apropriarem da forma, do material ou ainda do motivo emblemático da bolsa icônica, o cannage. Depois, a exposição viajou para Pequim, Hong-Kong, Tóquio, Milão, Seul, São Paulo e Düsseldorf, chegando neste verão à capital do Taiwan. Entre as obras apresentadas até o dia 18 de agosto no edifício Taipei 101, a fotografia em preto e branco Anja, de Patrick Demarchelier, afirma a relação entre o corpo e a bolsa; Reserved Pride de Chen Man faz da Lady Dior um objeto sagrado, enquanto a escultura da artista Olympia Scarry representa a explosão da bolsa, como um símbolo da força das mulheres de hoje. Na nova etapa, dois artistas taiwaneses chegam para enriquecer a exposição: o fotógrafo Shao Ting-Kuei e o artista plástico Liu Chih-Hung.

26 July
eventos

VIP no vernissage da exposição Dior, the Art of Color

Como ponto alto da estadia em Arles organizada pela Maison nos últimos 5 e 6 de julho, Bella Hadid, Winnie Harlow, Adenorah, Lila Cardona, Sonya Esman e ainda muitas outras pessoas descobriram a exposição Dior, the Art of Color na companhia de Peter Philips, Diretor de Criação e Imagem da linha de maquiagem. 

  • Bella Hadid

  • Winnie Harlow

  • Adenorah

  • Lila Cardona

  • Sonya Esman

  • Louise Follain

26 July
eventos

VIP no almoço da Fundação LUMA e da Dior

Bella Hadid, Winnie Harlow, Adenorah, Louise Follain, Lila Cardona, Sonya Esman, Xenia Van Der Woodsen… Acompanhe estas mulheres no almoço com Peter Philips, organizado pela Maison e pela Fundação LUMA, no último 6 de julho, durante o festival “Os Encontros de Arles”.

  • Bella Hadid

  • Winnie Harlow

  • Adenorah

  • Louise Follain

  • Lila Cardona

  • Sonya Esman

  • Xenia Van Der Woodsen

Mais artigos