Desfile prêt-à-porter
primavera-verão 2020

24 de setembro de 2019 - Paris - 14h30 (GMT+02)

Para esta coleção prêt-à-porter Primavera-Verão 2020, Maria Grazia Chiuri inspirou-se nas fotografias de Catherine Dior – irmã de Christian Dior – entre suas flores, em seu jardim, sua paixão. Ela é uma figura importante na história de Dior. Uma heroína corajosa, com uma determinação e uma personalidade únicas, a verdadeira Miss Dior. Assim a apelidamos e assim será batizado, em sua homenagem, o primeiro perfume da Maison a se tornar icônico.

Catherine cultiva os jardins da família Dior. Trata-se de uma jardineira no sentido mais amplo e mais profundo do termo, uma mulher livre e independente, agindo em harmonia com o sopro da natureza e o ciclo das estações. Essa nova coleção evoca – graças a seus motivos e bordados, e ao brilho e à textura da ráfia – o imaginário de uma vegetação exuberante e é apresentada como os herbários, esses inventários do mundo vivo, essa memória das espécies botânicas. 

As criações de Maria Grazia Chiuri não tratam, a seus olhos, de um sentimento nostálgico que reativaria uma tradição decorativa. Elas tratam, sobretudo, das questões atuais envolvendo o cuidado com as plantas e com as flores, como o começo de uma grande viagem. Apesar de vivermos na era do Antropoceno – que consagra definitivamente a dominação do homem sobre o planeta – ainda é possível restaurar o equilíbrio dessa relação? Desta pergunta nascem utopias concretas, como a do Monte Verità. Uma comunidade com ideias vanguardistas, fundada no começo do século XX na Suíça e que, desde então, continua fascinando artistas de todas as áreas. A aura desse lugar singular, construído em plena natureza, ilumina uma série de vestidos repletos de cores, do amarelo ao vermelho. 

Consciente das responsabilidades e da visibilidade de seu papel de Diretora Artística, Maria Grazia Chiuri deseja criar um “jardim inclusivo” que destaque a coexistência e a diferença, onde cada gesto tenha a sua importância. A cenografia deste desfile foi assim pensada em colaboração com o ateliê Coloco, comprometido com a arte coletiva de cultivar jardins, como motores de inclusão urbana. Esses artistas paisagistas pensaram o desfile como um tempo em suspensão, no qual são provisoriamente reunidas plantas de origens diversas. Essas árvores, que farão escala no hipódromo Paris-Longchamp para o desfile, seguirão seu itinerário, unindo-se a diversos projetos perenes para que esse jardim plural permaneça vivo. Para além de um cenário, essa paisagem efêmera anuncia a criação e o fortalecimento de bosques e de espaços arborizados, com uma rica diversidade de espécies vegetais, um símbolo de que todos podem construir e preservar o futuro e a beleza da natureza.

A mulher jardineira, elaborada por Maria Grazia Chiuri, observa esse projeto infinito e inacabado representado por cada pedaço de terra, minúsculo ou imenso, esse terreno/lugar de uma ação responsável, ao mesmo tempo delicada e incisiva, que é a própria demonstração de consciência e cuidado.

Looks

Visita guiada

Emtrevista com Maria Grazia Chiuri

O savoir faire

Árvores da vida

Entrevista com Peter Philips

ADICIONAR AO CALENDÁRIO
SELECIONAR O SEU CELENDÁRIO
RECEBER TUDO SOBRE O DESFILE
Vídeo do Desfile, os Looks, o Backstage e vários outros conteúdos sobre o Desfile... sejam os primeiros a serem informados sobre o lançamento ao vivo em Dior.com.
ESCOLHA A OU AS NEWSLETTERS QUE DESEJA RECEBER:
Todos os campos são obrigatórios. Ao clicar em Validar, você aceita receber as últimas novidades e exclusividades da Dior.
Todos os campos são obrigatórios. Ao clicar em Validar, você aceita receber as últimas novidades e exclusividades da Dior.
Sua inscrição na newsletter Dior foi realizada
BAIXAR O APLICATIVO DIORMAG
O aplicativo está disponível em diferentes plataformas para download.
SELECIONE SEU OS

Desfile prêt-à-porter
primavera-verão 2020

24 Setembro 2019 - Paris - 14H30 (GMT+02)

Topo da página