Quadros vivos

Magnética. A cenografia do desfile Inverno 2021-2022 de Kim Jones homenageia a criatividade hipnotizante de Peter Doig. Como uma metáfora animada, as obras do artista britânico ganham vida em proporções surpreendentes. O céu onírico da obra Milky Way ilumina a decoração do chão ao teto, um reflexo sutil de um céu estrelado.

Definindo o cenário desta exploração celestial fora do tempo estão enormes caixas de alto-falante colocadas no meio do espaço. Inspiradas na pintura Speaker/Girl (2015), elas se sobrepõem, brincando assim com sua arquitetura gráfica. Na fronteira do mundo acústico e eletrônico, elas parecem criar uma outra dimensão.

    Como um detalhe final, um cenário de dois andares oferece um jogo cativante de escalas e perspectivas, com modelos caminhando ao longo de várias linhas de visão. Uma celebração marcante do encontro entre as disciplinas artísticas apreciadas pela Maison Dior.