Uma Jornada em Busca de Essências

  • Explique e compartilhe o que distingue as fragrâncias Dior e as torna únicas: são criadas internamente, com François Demachy, Perfumista-Criador de Dior. Cada filme é uma jornada em busca da matéria-prima, de um terroir inspirador, pontuado por encontros e discussões sobre tradições e expertise. Um tributo em imagens, delicado e humano, às mais belas essências em todo o mundo.

    "O laboratório de criação é como um cartão postal de todas essas viagens", François Demachy, Perfumista-Criador de Dior

EPISÓDIO 1 - ROSA DE MAIO EM GRASSE

  • Esta flor delicada, cultivada em Grasse, no sul da França, exige um conhecimento raro que a Casa Dior preserva através de parcerias exclusivas.

    "A rosa de maio é a rainha das flores de Grasse, berço da perfumaria. Temos que cuidar para que este know-how não desapareça." François Demachy, Perfumista-Criador de Dior

  • A história da Dior está enraizada no terroir de Grasse, já que seu próprio fundador viveu na região, onde, cuidadosamente, restaurou o Château de la Colle Noire. Hoje, reforçada por este vínculo, a Casa Dior decidiu voltar a produzir flores para a perfumaria.

    O "Domaine de Manon", sob direção de Carole Biancalana, e o "Clos de Callian", comandado por Armelle Janody, assim, dedicam toda sua colheita da rosa de maio à Dior Maison de Parfums. Uma rosa poderosa e sensual, com um inesquecível acento mel.

EPISÓDIO 2 - BERGAMOTA NA CALÁBRIA

  • Ácida, floral, frutada, a Bergamota de Dior, cultivada na Calábria, no sul da Itália, possui qualidade única e radiante.

    "Quando na Calabria, pode-se sentir a realidade de um terroir vivo e inspirar-se com a beleza das plantações." François Demachy, Perfumista-Criador de Dior

  • Encontrada em todas as fragrâncias da Casa, é essencial para a estrutura olfativa de Dior.

    Através de uma parceria preferencial, François Demachy trabalhou diretamente com o produtor para criar uma Bergamota San Carlo personalizada para Dior.

    Milhares de árvores de bergamota cultivadas organicamente são trabalhadas, anualmente, para a Casa Dior.

EPISÓDIO 3 - JASMIM NA ÍNDIA

  • Com suas notas envolventes e sensuais, o jasmim é um perfume em si mesmo. É uma das flores reverenciadas pelo perfumista da Casa Dior, que utiliza o jasmim árabe por suas facetas sensuais e frutadas, ou o jasmim espanhol por suas facetas verdes e ensolaradas.

    "Não se pode entender a Índia, sem entender a paixão de seu povo pelas flores." François Demachy, Perfumista-Criador de Dior

  • No sul da Índia, François Demachy nos leva aos campos de jasmim que se estendem a perder de vista, pontuados pelas silhuetas dos catadores de flores que trabalham desde o amanhecer.

    As colheitas, reservadas exclusivamente para os perfumes Dior, são fruto de uma longa história de cooperação com o produtor.

     

    Pode-se sentir a magia destas paisagens, lá, onde as habilidades seculares são perpetuadas, inalteradas, uma garantia de qualidade.

EPISÓDIO 4 - O JASMIM ESPANHOL EM GRASSE

  • François Demachy viaja pelo mundo para selecionar as melhores essências que compõem as fragrâncias Dior, mas foi em sua terra natal, Grasse, onde nós descobrimos o jasmim espanhol utilizado em alguns dos grandes nomes do catálogo Dior, como J'adore Eau de Parfum e J'adore l'Or.

    "Nasci e cresci com o jasmim. É um dos ingredientes de que mais gosto, para nativos de Grasse, é quase como o amor de uma criança por um pai".

    François Demachy, Perfumista-Criador de Dior

  • O jasmim de Grasse é o jasmim tradicional utilizado na perfumaria. Deriva sua fragrância suave, delicada e frutada das condições ideais de seu terroir, incrustrado entre a terra e o mar.

    Hoje, a Bastide des Fontaines Parfumées, situada no coração de Grasse e o mais próximo possível das propriedades que cultivam flores para o perfume, abriga o laboratório de François Demachy, onde o próprio vem desenvolvendo a futura casa das fragrâncias Dior.

EPISÓDIO 5 – YLANG YLANG EM NOSY BE

  • Ylang Ylang significa "a flor das flores" nas diferentes culturas do Oceano Índico, onde esta flor tropical, quase mágica, pode ser encontrada. François Demachy nos leva à ilha de Nosy Be, em Madagascar, para descobrir os campos de Ylang Ylang nos quais as flores dedicadas aos perfumes Dior são cultivadas.

    "O Ylang é uma flor tropical e todos os elementos a ela associados - o sol, o calor, a luz - estão presentes em seu aroma. Tais sensações inconscientes são usadas para evocar um lado ensolarado e alegre em um perfume."

    François Demachy, Perfumista-Criador de Dior

  • Esta flor amarela, às vezes quase verde, não tem outra opção senão se destacar em meio à colorida vegetação tropical: fornece uma fragrância poderosa, com notas frutadas, às vezes lembrando o jasmim, mas com um sotaque salgado, que proporciona um toque solar aos perfumes.

    Para obter um Ylang feito sob medida, exclusivo para as fragrâncias Dior, as flores são destiladas logo após a colheita em Nosy Be e, em seguida, processadas em Grasse. O savoir-faire único do solo de Grasse, onde nasceu a Arte da Perfumaria, proporciona um coração sutil ao Ylang, com uma pronunciada nota salgada, que François Demachy particularmente procura e usa em J'adore Injoy.