CAMPANHA FEMININA OUTONO 2020

Dior revela a campanha da Coleção Feminina Outono 2020 criada por Maria Grazia Chiuri, uma série de fotografias fascinantes capturadas pelas lentes de Brigitte Niedermair.  Incorporadas pela atriz e musa da Maison Jennifer Lawrence, essas silhuetas esculturais celebram a beleza das linhas puras e a ousadia da simplicidade questionando o significado e a essência da moda. 

  • Em uma homenagem à intensa elegância e à pluralidade do preto, cor que Christian Dior considerava “a mais elegante” de todas, um vestido vermelho aparece como um brilho fugaz. Essa “cor da vida”, como o estilista fundador denominava, contrasta com outro look gráfico, em branco com poá, que também evoca o poder dos códigos atemporais da Maison.

 Cada uma dessas peças excepcionais reflete a modernidade e a razão de ser da alta-costura, como uma experiência conceitual e uma abordagem cultural na interseção entre emoções, sonhos e ação. Por meio dessas criações, a Diretora Criativa imprime seu próprio manifesto, estampando seu compromisso e perpetuando o savoir-faire italiano e o legado de excelência de Monsieur Dior.

  • Para este novo diálogo admirável, a fotógrafa e amiga da Maison reinventou sua alquimia autoral, um estilo entre retratos figurativos e a arte da pureza. Sua apresentação reflete um desejo de Christian Dior que inspirou Maria Grazia Chiuri: “queria que meus vestidos fossem construídos, moldados nas curvas do corpo feminino, valorizando suas formas”. Uma ode à arquitetura no coração da história e da paixão criativa de Dior.

  • Seu olhar contemporâneo reúne-se ao da Diretora Criativa em um jogo de abstrações para sublimar ícones e acessórios, que vão da bolsa box 30 Montaigne usada na cintura à Lady Dior MyABCDior fosca, da magia incomparável dos brincos Dior Tribales à essencialidade do chapéu bucket com véu, um aceno à eterna musa de Monsieur Dior, Mitzah Bricard. Uma quintessência da arte dos detalhes e da feminilidade, a personificação do desejo e da singularidade.