A nova bolsa Dior Bobby

Criada por Maria Grazia Chiuri, a bolsa Dior Bobby, o mais novo lançamento da Dior em artigos de couro, é um símbolo de modernidade atemporal. Para descobrir os segredos de sua confecção, é preciso ir à Itália, onde os ateliês da Maison são verdadeiros laboratórios de transmissão e perpetuação da excelência.

Este novo design, apresentado pela primeira vez na coleção Outono 2020, recebeu o nome do amado e fiel cão de Monsieur Dior, cujo nome também batizou diversos looks de alta-costura que se tornaram icônicos. “Todas as coleções têm algum terno destinado ao sucesso com o nome Bobby”, escreveu o estilista em suas memórias.

  • Esta peça essencial é modelada com uma curva elegante, como uma meia-lua, e celebra alguns códigos da Maison, como o logotipo “CD” na frente e o endereço “30 Montaigne” na parte de trás, fazendo uma referência sutil à emblemática bolsa epônima. 

Disponível em três tamanhos, pequeno, médio e grande, e em canvas Dior Oblique em quatro cores, preto, branco, camel e azul, a bolsa Dior Bobby pode ser usada na mão, no ombro ou transpassada graças às alças de ombro removíveis. Estas últimas são confeccionadas em couros harmônicos ou em uma versão bordada, dependendo do formato, e permitem um jogo de combinações para um resultado de alta-costura.

  • Esses designs excepcionais são fabricados em Florença, coração pulsante da produção de artigos de couro, e respeitam um savoir-faire artesanal preciso e exigente. Selecionado por sua qualidade superior, o couro de vitelo box transmite uma impressão de naturalidade e singularidade. Seu granulado altamente refinado e seu toque sedoso e macio demonstram que apenas as peças mais impecáveis podem ser utilizadas. 

    Cortadas com a ajuda de moldes, as peças são então montadas e costuradas uma a uma. A inscrição “30 Montaigne” é gravada em alto-relevo em tom sobre tom com acabamento à mão.

    • Em harmonia com o formato arredondado da bolsa, o fecho magnético, escondido por uma fivela, exibe as iniciais de Monsieur Dior. Uma ode à arte do detalhe, a criação final é examinada com atenção máxima para garantir sua perfeição absoluta.

    Com um visual prático e elegante, este objeto do desejo é o símbolo da essência contemporânea da Dior, representando uma aliança visionária entre tradição e paixão criativa.